segunda-feira, 26 de abril de 2010

Colírios da Capricho


Concursos de beleza são excludentes por natureza, conforme louvam rostinhos de porcelana e suas medidas perfeitas. O absurdo, já notável em versões infantis, é estimular a competição e o culto à imagem entre aqueles que mal saíram das fraldas. Se a sociedade aceita, os próprios pais exibem suas proles e o comércio patrocina, fazer o quê. Triste é quando a podridão emerge do
show business, escancarada e crua, para quem quiser contribuir. Afinal, debaixo dos holofotes toda imperfeição é digna de agressão. E é o que se confirma, lamentavelmente, no concurso que irá escolher o garoto mais fofo, bonito e talentoso do Brasil”.


Você acha isso normal? eu não!

Promovido pela revista Capricho, o campeonato de beldades juvenis “Colírios” coloca à disposição do público um mosaico de meninos belos e perfeitinhos, disputando entre si uma vaga na MTV (http://colirios.capricho.abril.com.br/o-que-e.php).

São batalhas no pior sentido do termo, uma vez que, novamente, imperam os traços imaculados da beleza convencional. O concurso é democrático, de forma que qualquer um pode construir um perfil com suas respectivas fotos. Mas o que se vê, no site, é uma esmagadora preferência por estereótipos.

Os candidatos, em sua maioria meninos de 14 à 17 anos, exibem seus atributos em poses convencionais, como a clássica foto do espelho. E aqueles que não agradam estão sujeitos a todos os tipos de ataque. Os comentários nos perfis menos badalados são extremamente ofensivos. Seria coerente que a Capricho, em sua condição midiática, não tolerasse os comentários de natureza preconceituosa. Mas, uma vez sujeitos à tamanha exposição, os insultos são irrefreáveis.

Os comentários dizem "tenta a sorte, orelha de bater bolo"

No comentário, o rapaz é taxado de feio e gay.


O detalhe mais triste da lista de meninos-tanquinho e suas franjas escovadas é que, muito além da beleza, é risível a falta de conteúdo e maturidade. Provavelmente, poucos serão homens formados, com consciência crítica e capacidade de desatolar o país. Uma revista tão popular entre os jovens deveria incutir em seus leitores um pouco do juízo e bom senso que a má educação, calcada em tecnologias de ponta e pais ausentes, ajuda a demolir. No entanto, tudo que consegue é rebaixar crianças fora do padrão e criar narcisistas.


O padrão atual de beleza masculina.



É, pois é.

12 comentários:

  1. Concordo contigo.
    Minha prima veio com um link desses pra eu votar, mas achei algo nada a ver.
    Seria legal promover um concurso desses com base em outras coisas além da beleza.
    Talvez algo com esporte, trabalho voluntário, enfim... como você disse, algo que acrescente para a vida destes.
    Na veradade o público alvo da capricho, querendo ou não, são as meninas novas e o objetivo deles com todo esse "auê" é fazer com que elas se liguem mais a revista, tendo meninos ditos interessantes, nela.

    Acho que pra um menino estar em um canal televisivo ele não tem de ser só bonito, tem de ter conteúdo.
    Pena que nem todo mundo vê desta forma.

    Bjs,


    May.

    ResponderExcluir
  2. Definitivamente ridículo! esses padrões de beleza são a maior causa contribuinte de Bullying no MUNDO! até onde isso vai chegar né? FICO PASMA! muito bom o conteúdo do post! parabéns. Vou seguir..
    Beijos!

    http://makeatrend.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Metrossexuais afeminados criados pela tv, leitores de capricho e fãs de modinhas: é nisso que dá. Melhor eu nem comentar nada pra ninguém me julgar preconceituoso por ter cabeça formada.

    ResponderExcluir
  5. No nosso País nada mais me surpreende!! Derrepente, eu ficaria impressionado, e até poderia me surpreender caso fosse promovido um concurso literário entre adolescente em que a maior das belezas fosse o contéudo, a capacidade criar e desenvolver ideias...enfim, muito bacana o seu blog. Vou ler com mais calma os seus posts, pois acho que apreenderei bastante com vc, que é jornalista e blogueira. Beijos e até os próximos posts... o meu é www.filosofiadeliquidificador.com.br

    ResponderExcluir
  6. Estamos realmente vivendo uma espécie de "apocalypse da ignorância".Em meio a essa estúpida realidade, somos apenas o que aparentamos ser, somos apenas uma fotografia photoshopada em um site de relacionamentos qualquer.Realmente deprimente.
    Excelente texto.Parabéns.

    http://analiselogica.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Perabulando nos comentários de um site, a turma estava incitando o pessoal a botar num gordinho que usava óculos fundo de garrafa, fugindo completamente do padrão Cine/Fresno (cabelo cortado de forma bizarra + Franjinha escovada + roupinha apertada).
    Ai eu pergunto: será que se ele ganha a revista ia colocar ele na capa?
    Acho que não...

    Os moleques de hoje são fúteis. Tanto os garotos que fazem biquinho nas fotos quanto as meninas que passam horas votando neles.

    ResponderExcluir
  8. Eae parceira de #greveunb
    Pensei o mesmo quando vi o comercial na TV.
    Lamentável o mau exemplo.

    Veja tbm
    www.ovolumeunico.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. É, de fato muito podre. É o armageddon.

    ResponderExcluir
  10. por favor neh é esses padrões de Beleza tambem são ridiculos e so coisa nada ver, mas esse eo mundo que vivemos as pessoas se importão mais com a aparecencia do que com a capacidade mental ou fisica da pessoa, falando a Brasileirado se a pessoa tiver um rostinho bonito e souber fazer alguma coisa de bom já chama atenção !! ate pra consseguir um emprego nois temos que preocupar com aparencia se não somos vitimas de pre-conceitos ... antes de olha qualquer curriculum eles olha a aparencia da pessoa !

    ResponderExcluir
  11. Definitivamente precisam te descobri vc é oque esta faltando para esse Brasil,cultura com um pouco de sarcasmo sem deixar a satira e o mais fundamental o lado humoristico!!Parabens de quem sempre acreditou em vc...

    ResponderExcluir

Serviço de atendimento ao leitor